O Parto!

Uma palavra amiga para quem tem medo… Sobrevivi. E se EU sobrevivi qualquer uma de vocês também vai sobreviver!!!

Eu que morria de medo como vocês sabem com a minha fobia a agulhas e a todo aquele cheiro a álcool e a éter e a pessoas que picam pessoas. Cheguei as 40 semanas, já estava fartinha. Não tinha posição para nada. Passei a gravidez sem enjoos, sem desejos, sem qualquer chatice. Mas as últimas duas semanas tiveram praí 6534567 dias e já só pedia para a Xica nascer. A natureza é perfeita. Já preferia que chegasse a hora do parto mesmo com medo do que continuar grávida, estava farta de me sentir uma tartaruga que quando se sentava tinha de pedir ajuda para se levantar com a carapaça. Perguntavam-me mas tu já tens contrações? “Eu sei lá menina se são os chineses ou o cara***”, não sei. Sinto umas fisgadas mas sei lá se são contrações. Nunca estive grávida. Deixem-me. Depois os bitaites. É dia 30 outubro. É dia 5. É na super lua e nunca mais era… achava que ia ficar grávida até 2020! Dia 16 fui a consulta logo de manhã com Dra Graça Buchner (essa grande senhora) que ao examinar (examinar até parece uma cena soft, mas o que elas fazem é mesmo ver com os dedos, sinónimo de escarafunchar-que-doi-como-a-merda) diz: Cátia temos aqui 4 cm dilatação, posso dar andamento à coisa? Nãaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaao. Eu ainda aguento mais uns ANOS grávida. Não quero. Nãaaaaaaaaaaao. Chorei de alegria, de dor e de medo. Pronto, nasce hoje ou amanhã. Falta só ter as contrações porque aqui nos registos nem vê-las. What?!!!! Aiiiiii. O Pedro chorava do outro lado da cortina enquanto dizia força Cati, vamos Dra… como se estivesse a gritar pelo FCP! E a Dra dizia estou tramada com estes dois. Não sei quem vai aguentar menos. Quer ficar já aqui? Nãaaaaaaaaaaao! Quero ir para casa. E vim, fui buscar um menu Big mac com batatas fritas. Precisava de conforto, aquele que só umas batatas fritas com molho de alho nos sabem dar. Mas precisava de algo ainda mais reconfortante. Fui a casa dos meus pais. Precisava de um abraço deles. Vai correr tudo bem diziam-me eles. Vai… vai… vai dizia eu. Vim para casa e nada!!! Nada desta bida, não sentia nada… depois como qualquer mulher com tempo a mais para pensar comecei a fazer filmes: e se estou aqui em casa e começa a sair a cabeça? E se dilata e eu não sinto nada? E se chego lá e já não posso levar epidural? E se nasce no caminho com o transito que faz na VCI? E se desmaio mal sinta uma contração? E se… São muitos ses para quem está a passar por tudo isto pela primeira vez. E portanto fui fazer uma sesta! Ahhh maravilha 15 minutos de sesta… não consegui mais com tanta ansiedade, ainda nasce aqui na cama!!! Uma pessoa fica maluca da cabeça. Mais ainda! E só por isso também jantei batatas fritas do McDonalds…

(Ups… a Xica está a gritar por mim… ou pelos meus nipples vá…)
TO BE CONTINUED… quando tiver tempo, talvez quando ela tiver 5 anos… Grr!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.